Porque diferentes movimentos das Máquinas no processo de Tampografia ?

Fig. 01 - Movimento vertical e paralelo do tampão e movimento paralelo do Tinteiro: o tampão só faz movimento de curso vertical. Isto significa que o copo de tinta está fixo na máquina enquanto o clichê se desloca na horizontal por baixo do mesmo. A vantagem disso é que o tampão não oscila tão facilmente e a máquina pode obter uma maior velocidade de impressão até um tamanho predeterminado de clichê. Contudo, se o tamanho do clichê for muito grande, muito volume tem de ser deslocado, de modo que faz mais sentido fixar o clichê na máquina.

Fig .02 - Movimento vertical do Tampão e movimento paralelo do tinteiro: o tampão realiza movimento de curso vertical e o movimento horizontal do clichê acima do componente. Com sistemas abertos de tintagem a lâmina do raspador (doctor) e a lâmina de imersão se assentam num carro guia. Eles realizam um movimento recíproco de inclinação e o movimento horizontal, de modo que o clichê é imerso e depois raspado. Com sistemas de tintagem selados o copo de raspagem é oposto horizontalmente por meio de uma braçadeira acima do clichê. A desvantagem é que o tampão oscila facilmente. Isto pode ser contrariado programando-se em um tempo de retardo antes de abaixar o tampão.

Fig. 03 - Movimento tranversal do Tinteiro : o tampão realiza movimento de curso na vertical e o movimento transversal do copo acima do clichê. A vantagem deste movimento é a possibilidade de impressão em peças que necessitem de uma gravação longa , comprida ou pontos em que necessitem de gravações com distancias maiores de gravação , evitando assim uso de mais máquinas

A transferência da tinta no clichê para a peça:

A transferência ocorre devido ao solvente volátil contido nas tintas. O solvente que se evapora na superfície da camada de tinta aumenta a adesão se comparado com o lado protegido da camada de tinta. O processo de evaporação inicia antes de a tinta ser retirada e antes de ser transferida pelo tampão. A superfície do tampão é selecionada para que a melhor aderência fique entre a absorção e a transferência da tinta. O ideal é tampão transferir toda a camada de tinta retirada do clichê para a peça.que está sendo gravada.

Etapas de impressão na Tampografia:

Os processos de transferência são: evaporação do solvente, a quantidade de transferências e a espessura da camada de tinta. Se apenas uma fina camada de tinta é aplicada ao tampão, isso produzirá uma ruptura, isto é, os parâmetros utilizados para a aplicação devem ser modificados. Neste caso, um solvente de evaporação mais rápido deve ser utilizado, o tempo de transferência deve ser ampliado ou a espessura da camada de tinta deve ser reduzida.